PUBLICIDADE

Eternos estreia com US$ 71 milhões na bilheteria americana!

Abertura do novo filme da Marvel Eternos ficou logo abaixo das de Shang-Chi, Viúva Negra e Venom 2

PUBLICIDADE

Ao menos por um fim de semana as críticas ruins não atrapalharam o novo longa da Marvel, Eternos

O drama super-heroico dirigido por Chloé Zhao arrecadou US$ 71 milhões entre sexta e domingo nos EUA (incluindo as prés de quinta). Trata-se da quarta maior estreia do ano e desde o início da pandemia no país, atrás apenas de Venom: Tempo de Carnificina (US$ 90 milhões), Viúva Negra (US$ 80,3 milhões) e Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis (US$ 75 milhões).

PUBLICIDADE

Em outras palavras: as quatro maiores aberturas nos Estados Unidos desde que o mundo foi obrigado a se recolher em casa por causa da Covid-19 são de adaptações dos quadrinhos da Marvel.

Por outro lado, quando comparada com a abertura de outros filmes do MCU, os números de Eternos não são muito bons. Claro, ninguém esperava que o filme fosse ter uma abertura no nível de Pantera Negra (US$ 202 milhões) ou Capitã Marvel (US$ 153,4 milhões), mas ainda assim trata-se da menor estreia para um filme da Marvel desde que Homem-Formiga abriu com US$ 57,2 milhões em julho de 2015.

PUBLICIDADE

Mas por que os US$ 71 milhões de Eternos estão sendo vistos negativamente pela mídia especializada enquanto os US$ 75 milhões de Shang-Chi foram enxergados de maneira mais positiva? Simples: no caso do artista marcial, as excelentes críticas, recepção amplamente positiva do público e falta de concorrentes praticamente garantiram que ele teria uma longa e frutífera carreira na bilheteria (ao menos na americana). 

Já para a equipe liderada por Richard Madden e Gemma Chan as perspectivas futuras são menos promissoras: recepção mediana do público (apenas um B no CinemaScore comparado com o A de Shang-Chi) e ruim da crítica (47% no Rotten Tomatoes enquanto escrevo este texto) significa que a carreira pós abertura do filme não será tão longa quanto a do filme de Destin Daniel Cretton.

PUBLICIDADE

Na pior das hipóteses, o longa desempenhará como um dos dois primeiros filmes de Zack Snyder para o DCEU, que sofreram quedas gigantescas após suas estreias devido ao boca a boca ruim. Felizmente, Eternos não terá concorrentes muito fortes na semana que vem, permitindo que ele seja o único blockbuster em cartaz por mais alguns dias, o que deve auxiliar seus números. A partir do dia 19, porém, ele enfrentará adversários como Ghostbusters: Mais Além e a animação da Disney Encanto.

Enfim, Eternos pode estar dividindo a crítica e o público, mas ao menos mostra que a Marvel Studios está a fim de tentar algo diferente, ainda que isso lhes custe bilheteria. Por outro lado, o próximo filme do MCU será bem mais seguro e confiável em termos de arrecadação: Homem-Aranha: Sem Volta para Casa, que tem tudo para ser a maior bilheteria do ano. 

PUBLICIDADE

E você, já assistiu a Eternos nos cinemas? Comente conosco! Continuem acompanhando o Legado da Marvel para não perder nenhuma novidade!

 

PUBLICIDADE
      LEIA TAMBÉM!

 

Confira a sinopse do filme: “Eternos apresenta uma nova e empolgante equipe de super-heróis no MCU, antigos alienígenas que vivem em segredo na Terra há milhares de anos. Após os eventos de Vingadores: Ultimato, uma tragédia inesperada os força a sair das sombras para se reunirem contra o inimigo mais antigo da humanidade, os Deviantes.”

No elenco temos nomes como Richard Madden como Ikaris, Angelina Jolie como Thena, Salma Hayek como Ajak, Kit Harington como Cavaleiro Negro, Gemma Chan como Sersi, Kumail Nanjiani como Kingo, Lauren Ridloff como Makkari, Brian Tyree Henry como Phastos, Lia McHugh como Sprite, Barry Kheogan como Druig, e Don Lee como Gilgamesh.

Eternos será dirigido por Chloe Zhao, com roteiro dos irmãos Matthew e Ryan Firpo. O filme tem estreia marcada para 4 de novembro de 2021. O filme é bom ou ruim?! Confira a nossa crítica CLICANDO AQUI!

Leia TUDO SOBRE Eternos!

PUBLICIDADE

Sair da versão mobile