O Tentáculo e o Casto nas HQs e na Netflix

Curte lá!
Dá um follow aê!
Segue lá!
Se inscreve aê!

 

Quando a Netflix lançou a 1° temporada de Demolidor em 2015, vários arcos diferentes foram adaptados na série, mas todos interligados. O que mais viria a ser relevante, foi o que se mostrou “oculto” durante essa temporada. As várias organizações do crime dentro da cidade de Nova York trouxeram muitos problemas ao homem sem medo. A tríade e a Yakuza, que aparentavam ser apenas mais duas dessas organizações, tinham suas raízes místicas nas mãos. Nós viemos a descobrir um pouco mais sobre esse misticismo na 2° temporada, e em Punho de Ferro, que aprofundou mais ainda.

 

     LEIA TAMBÉM!

 

O Tentáculo (The Hand, no inglês), é uma organização de ninjas oculta que busca a vida eterna (imortalidade). O Casto, sua ramificação, é a outra parte desse meio, mas com o único e atual objetivo de parar as atrocidades do Tentáculo. Durante a Era Feudal, o Tentáculo e o Casto eram um só, mas a partir de desavenças, eles se dividiram buscando caminhos diferentes. A filosofia samurai que era impregada quando o Casto e o Tentáculo ainda estavam juntos, não era do interesse de todos os membros. Unificado a isso e aos outros sombrios desejos do Tentáculo, houve a divisão, assim separando os membros.

 

Stick, o mestre do pequeno Matt Murdock, é um membro do atual Casto. Para quem não se lembra, o episódio 7 da 1° temporada de Demolidor foi repleto de informações e curiosidades que ainda viriam a ser exploradas mais para frente. Stick, no episódio, diz que cada membro do Casto possui habilidades sobrenaturais, e ele já estava prestes a ensinar isso ao Matt, quando viu sentimentos fluindo no garoto, e o abandonou. Mas o que mais surpreende neste episódio, é a aparição do líder do Casto, mestre Izo. Ele era um membro do original Tentáculo, mas após os acontecimentos que dissipou o clã, Mestre Izo saiu e fundou a ramificação do Tentáculo (O Casto). Nos quadrinhos, Stick já ocupou seu lugar de líder após impedimentos de sua natureza que levou seus alunos a expulsa-lo do clã (falaremos mais sobre isso na frente).

 

 

Ficou um pouco perdido? Vamos clarear e aprofundar mais.

 

Em 1588, após a ramificação do Casto sobre o Tentáculo original, o novo Tentáculo foi fundado. Sendo uma sociedade secreta japonesa, eles operavam principalmente dentro do Japão, mas também internacionalmente. Logo em seguida foram cooptados por um clã ninja antigo, e os integrantes seguiam a um demônio primordial conhecido como “A Besta”. Os membros são praticantes da magia oculta, e seus principais feitos eram trazer os mortos de volta a vida como servos. Ao longo de vários e vários anos, o Tentáculo se dissipava ao redor do mundo, montando organizações disfarçadas (Tríade e Yakuza), assim comandando secretamente as maiores potências mundiais.

     LEIA TAMBÉM!

 

A Besta, o demônio primordial que o Tentáculo serve, era levada esperitualmente as várias sociedades do mundo junto das organizações, trazendo o terror e a discórdia nas mentes mais fracas. Ele age principalmente nos humanos, possuindo suas mentes, corpos e operando do mesmo. Os poderes místicos que o Tentáculo possui, são dados também do culto que é imposto sobre a Besta. Eles são eternamente energizados com essa magia infernal. Tanto em Defensores, quanto nos quadrinhos, o culto tenta trazer de volta a vida a Elektra, acreditando que a mesma é uma arma viva. Na série isso foi concretizado, nos quadrinhos o Demolidor com a ajuda do Casto, consegue impedi-los.

 

 

Voltando na estória do mestre Izo, concordemos que ver esse mestre na série por mais que 10 segundos, e agindo, seria sensacional. Infelizmente parece que a Netflix esqueceu dele, e acabou sendo mais um easter-egg. Nos quadrinhos, há uma complexa interação dele em relação ao Casto. Tanto que após vários ocorridos, os membros o retiram do cargo, que mais tarde é imposto ao Stick. Isso nas séries já é impossível, já que o Stick foi morto em Defensores. Mas… ainda poderemos (quem sabe?!) ver o Demolidor, Matt Murdock, sendo cogitado como o novo líder do Casto. E não só isso, mas também o que reerguerá o Casto, já que dito pelo Stick antes de sua morte, o Casto foi completamente destruído pela Elektra (pode ou não ser verdade, veremos). E além do Matt poder ser o novo líder, também, se a Netflix for ousada de adaptar esse arco, iremos ver o Tentáculo indo atrás do Demolidor para servir como o novo cabeça do culto.

 

E aí, o que vocês esperam ver no futuro das séries Marvel/Netflix? Querem mais arcos do Tentáculo/Casto ou já teve suficiente? Deixem suas opiniões aí nos comentários! Leia mais: [CRÍTICA] Os Defensores!

Comenta aí, Marvete!

legadodamarveldisqus