Quanta criatividade! Cenas da Marvel acabam representando sucessos da música brasileira!

Curte lá!
Dá um follow aê!
Segue lá!
Se inscreve aê!

 

É, quando você acha que não tem mais o que os fãs inventarem, chega Jeremoca, no Twitter, imaginando cenas clássicas dos filmes da Marvel Studios, principalmente Vingadores: Guerra Infinita, ilustrando sucessos da música brasileira, e ficou divertidíssimo!

 

     LEIA TAMBÉM!

 

TODAS as imagens ilustrando os sucessos da nossa música você confere confere direto na thread, e logo abaixo as que o Legado da Marvel destacou como algumas das mais divertidas. Créditos totais à @jownlock Confira:

 

https://twitter.com/jownlock/status/1033917388335591424

 

Que coisa louca, eu já sabia ♪

 

Ah Ah! Ah Ah! ♫

 

E agora o que é que eu faço sem você ♪

 

Sete chances tenho para vencer ♫

 

Te amar me faz sofrer ♪

 

Você culpa seus pais por tudo ♫

 

Até você de mal faz bem pra mim ♪

 

Aserehe rá de re, de hebe tu de hebere

 

E aí, curtiram? Não deixe de ir visitar a thread para conferir todas as outras imagens. Será que vai rolar mais quando Vingadores 4 estrear? Torcemos para que sim. Leia a sinopse do filme: ”Com a culminação de 22 filmes interconectados, o quarto filme da saga dos Vingadores fará público testemunhar o ponto crítico desta jornada épica. Nossos amados heróis perceberão o quão frágil é a realidade, e também os sacrifícios que precisam ser feitos para defende-la”.

 

Vingadores 4 deve chegar aos cinemas brasileiros em 2 de maio de 2019, e os rumos que a história deve tomar após o final de Vingadores: Guerra Infinita, seguem incertos. Saiu um rumor de que o filme se passará 5 anos após os eventos de Guerra Infinita, e outras coisas, que você pode ler clicando aqui. O filme deve marcar o fim do MCU como conhecemos. Leia mais: Entrevista de Robert Downey Jr. pode ter entregado um BAITA spoiler de Vingadores 4!

 

Veja a nossa galeria do filme:

[URIS id=6066]

Leia TUDO SOBRE Vingadores 4!

Agora que a notícia acabou, veja um vídeo do nosso canal!

Comenta aí, Marvete!

legadodamarveldisqus