PUBLICIDADE

Venom: Tempo de Carnificina ultrapassa US$ 200 milhões na bilheteria americana

A nova aventura do simbionte, Venom: Tempo de Carnificina é o segundo longa da Marvel a bater essa marca em 2021.

PUBLICIDADE

Venom: Tempo de Carnificina está há sete semanas em cartaz nos Estados Unidos e no Canadá, e ainda não deu sinais de cansaço. O longa arrecadou mais US$ 4 milhões durante o fim de semana e chegou a incríveis US$ 202 milhões na bilheteria americana.

Trata-se do segundo maior filme do ano até o momento, atrás apenas de outra adaptação dos quadrinhos da Marvel, Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis, que possui US$ 224 milhões. Consequentemente, tanto o simbionte quanto o artista marcial são os dois únicos longas a faturar mais de US$ 200 milhões na bilheteria americana desde Bad Boys para Sempre, lançado em janeiro de 2020.

PUBLICIDADE

Venom 2, aliás, tem exibido uma excelente sustentação. Mesmo em cartaz há tanto tempo e competindo com outros blockbusters ele caiu apenas 10% em comparação com a semana passada, a menor queda dentre os top 10 filmes do fim de semana (Eternos, por outro lado, despencou feito rocha em comparação com a estreia). Isso mostra o quão positivo tem sido o boca a boca de Tempo de Carnificina, que o permite agir como a melhor opção para um blockbuster da Marvel para quem se recusou a assistir Eternos.

Fora dos EUA, Venom 2 faturou mais US$ 7,7 milhões em 55 países. Ele estreou em primeiro lugar na Malásia, arrecadando por lá em um fim de semana mais do que Viúva Negra arrecadou durante todo o seu período em cartaz. O filme comandado por Andy Serkis ainda precisa estrear na Austrália e no Japão, que deverão somar ainda mais à sua bilheteria, bem como na China, embora sua chegada lá ainda seja incerta. 

PUBLICIDADE

No total, Tempo de Carnificina tem US$ 239 milhões na bilheteria internacional e US$ 441,5 milhões globalmente, o que faz dele o quarto maior filme hollywoodiano de 2021. Mas assim que ele ultrapassar os US$ 470 milhões deixará para trás Godzilla vs Kong no ranking anual, ficando atrás somente de Velozes & Furiosos 9 (US$ 721 milhões) e 007: Sem Tempo para Morrer (US$ 708 milhões).

Um total em torno dos US$ 500 milhões é um resultado bom o bastante considerando a pandemia e o fato de que o longa custou apenas US$ 110 milhões para ser feito. Porém, se quiser encostar em James Bond e Dominic Toretto, Eddie Brock ainda vai precisar da ajuda da bilheteria chinesa.

PUBLICIDADE

O que você achou de Venom: Tempo de Carnificina? Comente com a gente!

Continue ligado aqui no Legado da Marvel para não perder nenhuma novidade!

PUBLICIDADE

 

         LEIA TAMBÉM!

 

PUBLICIDADE
rtc-config='{ "urls": ["https://udr.uol.com.br?tag=publicidade&fmt=amprtc","https://page-context.uol.com.br/api/get-amp-page-context?url={{escapeURL}}"], "vendors": {"prebidappnexuspsp": {"PLACEMENT_ID": "24660215"}}, "timeoutMillis": 1000}' class="i-amphtml-layout-fixed i-amphtml-layout-size-defined" style="width:320px;height:50px" i-amphtml-layout="fixed">

Venom: Tempo de Carnificina é a continuação de um dos maiores filmes de super-heróis quando falamos em questão de lucro. O primeiro longa custou apenas 100 milhões, e rendeu mais de 856 milhões nas bilheterias mundiais. Por mais que a crítica o tenha massacrado, Eddie Brock caiu nas graças do povo.

Tom Hardy está de volta ao papel em Venom 2, e irá enfrentar o vilão Carnificina, que assim como na cena pós-créditos do primeiro filme, será interpretado por Woody HarrelsonMichelle Williams está de volta como Anne Weying, a ex-namorada (?) de Eddie Brock, e Naomie Harris irá interpretar a vilã Shriek. Com o roteirista de Cinquenta Tons de Cinza (sério, leia mais aqui) e direção de Andy SerkisVenom 2 chegou aos cinemas brasileiros no dia 7 DE OUTUBRO! Confira a nossa CRÍTICA!

Leia TUDO SOBRE Venom: Tempo de Carnificina!

PUBLICIDADE

Sair da versão mobile