Tony Revolori recebeu ameaças de morte por interpretar Flash Thompson

Curte lá!
Dá um follow aê!
Segue lá!
Se inscreve aê!

Como chegamos a comentar rapidamente no último vídeo no canal do Legado da Marvel, alguns fãs ficaram bem insatisfeitos com a mudança de etnia do personagem para o longa. Mais do que isso, novos clipes e novas imagens ainda insistem em dizer que não é só etnia, sua personalidade também foi, digamos, adaptada. Sim, perdendo a sua essência. Mas só poderemos dar o nosso veredito quando assistirmos ao longa, e decidirmos se o personagem está ruim ou bom.

 

Mas, ainda na produção do longa, o ator Tony Revolori contou ao CBR.com que não foi só de haters em internet que a reclamação persistiu.

 

“Eu não sou o que o personagem era nos quadrinhos. Não sou e nós podemos falar de forma clara e simples isso – mas as pessoas ainda vão odiar esse fato. Foi muito desanimador receber emails de ódio, ameaças de morte e coisas desse tipo.”

 

Apesar de todo o ódio, o ator conta que isso serviu de inspiração para surpreender à todos!

 

“É difícil, mas então eu percebi que eles amam tanto esse personagem… que é apenas a paixão deles. Eu sou apaixonado por algumas coisas também, seja esportes ou filmes. Eu entendo de onde eles vem. Talvez eles tenham abordado isso da maneira errada, mas eu tomei como crítica construtiva. O que eu posso pegar para fazer certo? Então eu fiz o que tinha que fazer, ser o Flash que eles poderiam estar felizes com, e claro, eles não ficarão felizes de qualquer forma. Mas eu ganhei uns 30 quilos para o papel, e eu fiz o que tinha que fazer. Eu penso que essa foi a coisa mais difícil para fazer no começo, estar nessa bolha em meio a tanto ódio, e então tentar passar por isso tudo sem sequelas.”

 

O ator também deu detalhes sobre como foi filmar em uma escola de verdade, e como foi toda a atmosfera.

 

“Foi ótimo. Não parecia que estávamos filmando um filme do Homem-Aranha ou da Marvel, porque nós estávamos numa escola de Ensino Médio. Parecia que estávamos filmando algo menor, meio indie com um grande elenco, e nós estávamos nos divertindo com esses grandes cenários. Mas mesmo assim, nós já havíamos começado a filmar no ensino médio, então continuou parecendo assim. Quando eu vi o trailer, eu disse ‘Meu Deus, isso é um filme do Homem-Aranha! Ali está ação. Agora está certo’. Isso foi ótimo! Eu me diverti tanto, e eu amo o elenco, eu amo a equipe. Foi bem legal.”

 

Resta a nós torcer para que Flash Thompson seja um bom, e marcante personagem dessa nova franquia de filmes da Marvel Studios. Homem-Aranha: De Volta ao Lar chega aos cinemas no dia 6 de julho!

 

Mais da entrevista, você lê íntegra aqui. Créditos à excelente tradução do site Legião dos Heróis.

Comenta aí, Marvete!

legadodamarveldisqus