A história da Marvel Studios e todos os riscos envolvidos

Curte lá!
Dá um follow aê!
Segue lá!
Se inscreve aê!

Gostamos, ou melhor, amamos os filmes do Universo Cinematográfico da Marvel. Porém, houveram consequências. A Marvel arriscou perder os direitos cinematográficos de alguns de seus personagens caso a tentativa de lançar falhasse.

 

     LEIA TAMBÉM!

 

Resultado de imagem para iron man gif

 

Como muitos provavelmente já sabem, a Marvel assumiu um ENORME risco em 2005, quando abriu o seu novo departamento, a Marvel Studios. Logo em 2008, lançou o seu primeiro filme, Homem de Ferro. Antes disso, a Marvel licenciava seus personagens para outros estúdios de cinema, que produziam e depois os distribuíam, com ela conseguindo um corte da grana (Homem-Aranha e X-Men foram exemplos disso). Um agente chegou à eles no início dos anos 2000, e disse que estavam sendo tolos e que deveriam produzir os seus próprios filmes, para que eles ganhassem todo o dinheiro.

 

Como eram um estúdio pequeno, não tinham a rede de distribuição necessária para lançar grandes filmes. Então, eles conseguiram um acordo com a Universal e a Paramount, para que esses estúdios distribuíssem os filmes da Marvel Studios (anos depois, isso causaria um grande problema, mas isso é história para outro artigo :P). No entanto, antes que eles pudessem obter o objetivo de distribuir os filmes, era preciso produzir seus filmes. Eles tinham algum capital, mas não o suficiente para fazer a série de filmes que eles imaginavam. Foi então, que conseguiram um acordo com a empresa de serviços financeiros Merril Lynch, onde Lynch colocaria 525 milhões de dólares em sete anos para financiar a produção dos filmes da Marvel Studios.

 

O grande gênio por trás desses filmes, Kevin Feige.

 

Para que Marvel conseguisse esse dinheiro, eles tinham que colocar algo de garantia. Então, eles ofereceram os direitos de filme para 10 de seus personagens de quadrinhos que eles ainda não tinham licenciado. Então, se o projeto da Marvel Studios falhasse e não fosse possível pagar a Merril Lynch de volta, Lynch obteria os direitos sobre esses 10 personagens de quadrinhos, que depois poderia vender ou licenciar a outras empresas. E teríamos GRANDES perdas, como seria o caso de Capitão América, Os Vingadores, Doutor Estranho, Nick Fury, Pantera Negra, Homem Formiga, Gavião Arqueiro, e, por incrível que pareça, Manto, Adaga, Quarteto Futuro e Sang-Shi. Que bom que tudo deu certo (e como deu certo hein?), mas imaginem só, vermos todo tipo de problema com esses heróis na Sony, Paramount ou Universal? Já basta a dor de cabeça que sofremos com a Fox.

 

     LEIA TAMBÉM!

 

 

Eaí, o que achou desse nosso resumão da história de criação da Marvel Studios? Quer mais artigos desses aqui no site? Deixe nos comentários o que achou, dicas de artigos e muito mais! Leia mais: O trailer de Vingadores: Guerra Infinita não sairá tão cedo, e eu te explico o porquê.

Comenta aí, Marvete!

legadodamarveldisqus