PUBLICIDADE

Capitã Marvel cai para o 6º lugar na bilheteria americana!

PUBLICIDADE

 

PUBLICIDADE

Pode-se dizer que a carreira de Capitã Marvel nos EUA tem sido bastante longa e frutífera. Afinal, demorou seis semanas para que o longa caísse para fora do top 5 semanal no ranking do fim de semana. E mesmo assim seus números ainda continuam decentes.

 

PUBLICIDADE

De toda forma, foi um fim de semana devagar nas bilheterias mundiais, no qual o principal acontecimento da cultura pop estava não no cinema mas sim nas telinhas: a estreia da última temporada de Game of Thrones, que arrebatou toda a atenção do público e da mídia. Além disso, foi o fim de semana antes da Páscoa, de modo que muitos que desejavam ir ao cinema provavelmente preferiram esperar até semana que vem, quando estarão de folga.

 

PUBLICIDADE

Quem mais sofreu com isso foi Shazam!. Apesar de ter permanecido na liderança no ranking do fim de semana (um feito notável, considerando a quantidade de novas estreias), o longa tem sofrido para se manter relevante na mídia com todas as atenções voltadas para os capítulos finais dos Vingadores e de Game of Thrones. E mesmo todas as críticas positivas não impediram para que o longa sofresse uma queda maior que o desejável, considerando sua abertura menor: foram mais US$ 24,4 milhões para o herói da DC, uma queda de 54,3% em comparação com a semana passada. E olha que era para essa queda ter sido maior ainda, porém o sábado e o domingo do longa foram maiores que o previsto, demonstrando que o público mais jovem (em especial crianças e adolescentes) estão realmente salvando a bilheteria do filme.

 

PUBLICIDADE

 

PUBLICIDADE
rtc-config='{ "urls": ["https://udr.uol.com.br?tag=publicidade&fmt=amprtc","https://page-context.uol.com.br/api/get-amp-page-context?url={{escapeURL}}"], "vendors": {"prebidappnexuspsp": {"PLACEMENT_ID": "24660215"}}, "timeoutMillis": 1000}' class="i-amphtml-layout-fixed i-amphtml-layout-size-defined" style="width:320px;height:50px" i-amphtml-layout="fixed">

E aí está o grande problema com a data do longa: ele saiu num período onde seu público alvo está ocupado com as aulas e assim fica mais difícil para irem ao cinema. Tivesse Shazam! estreado em algum período de férias, sua bilheteria possivelmente estaria sendo bem maior. Por outro lado, quem sabe o feriado de Páscoa não ajuda a dar um gás no faturamento do longa da DC?

 

Até o momento, Shazam! possui US$ 94,2 milhões na bilheteria americana após duas semanas em cartaz, o que é menos do que Mulher-Maravilha conquistou em três dias de exibição e Aquaman arrecadou em cinco. Caso o longa dê sorte e desempenhe como Homem-Formiga (que não decaiu tanto nas semanas seguintes por ser um dos últimos blockbusters da temporada de verão de 2015 e assim não teve tantos concorrentes), sairá de cartaz com cerca de US$ 160 milhões – e isso na melhor das hipóteses. Por outro lado, o filme já possui US$ 258,3 milhões globalmente, portanto, considerando que ele precisou de apenas US$ 100 milhões para ser produzido, logo ele estará dando lucro ao estúdio. Seja como for, se o filme alcançar um total global parecido com o de Homem-Aranha no Aranhaverso (US$ 375 milhões), já poderá se considerar um sucesso de tamanho decente.

 

É interessante notar que, dentro do cinema de super-heróis recente, os dois últimos filmes que foram mais elogiados pelos críticos, no caso Shazam! e Aranhaverso, se contentarão em encerrar suas carreiras com menos de US$ 400 milhões mundialmente, enquanto Capitã Marvel e Aquaman, que atraíram bem mais respostas negativas da crítica, ultrapassaram o bilhão. E isso sem mencionar Venom que, massacrado pelos especialistas, faturou US$ 855 milhões. Seria uma prova de que os gostos da crítica e do público não estão se alinhando mais? Claro, tanto Shazam! como Aranhaverso possuem escalas (e orçamentos) bem menores que os blockbusters estrelados por Jason Momoa e Brie Larson, portanto é de se esperar que seus faturamentos fossem ser menores mesmo. Ainda assim, não deixa de ser interessante notar esse descompasso entre os heróis que fazem sucesso com os críticos e os que põem o público dentro das salas de cinema.

 

 

Falando em Capitã Marvel, a heroína faturou mais US$ 8,6 milhões em seu sexto fim de semana em cartaz nos EUA. No total, o longa comandado por Anna Boden e Ryan Fleck possui incríveis US$ 386,5 milhões arrecadados na bilheteria americana. Interessantemente, o filme arrecadou mais no fim de semana do que Nós, a despeito do terror dirigido por Jordan Peele estar em cartaz há menos tempo e ter tirado Capitã Marvel da liderança da bilheteria americana há quatro semanas.

 

O longa ainda se mantém na 13ª posição entre os maiores filmes de super-herói da história nos EUA em valores não ajustados pela inflação, embora vá subir uma posição assim que superar os US$ 389,8 milhões de Guardiões da Galáxia Vol. 2. Em seguida, o filme deve ultrapassar a marca dos US$ 400 milhões (tornando-se um dos raros filmes do gênero a fazê-lo) e, se não decair muito nas próximas semanas, irá ser uma das 10 maiores bilheterias americanas de heróis – para isso, precisará passar dos US$ 408 milhões de Capitão América: Guerra Civil.

 

Em valores ajustados pela inflação, Capitã Marvel é o 18º filme que mais vendeu ingressos nos cinemas americanos da história. Com os resultados do último fim de semana, o filme ultrapassou os totais ajustados de Os Incríveis (US$ 261,4 milhões em 2004/US$ 379,5 milhões ajustados), Deadpool (US$ 363 milhões em 2016/US$ 381,9 milhões ajustados) e Batman Eternamente (US$ 184 milhões em 1995/US$ 382 milhões ajustados).

 

 

Nas últimas semanas, eu tracei um paralelo entre as bilheterias americanas de Capitã Marvel e a de Guardiões da Galáxia Vol. 2. Ambos os filmes desempenharam de forma similar até a quinta semana, quando tiveram de batalhar contra a estreia de um longa da DC. Entretanto, Carol Danvers tem se saído muito melhor contra Shazam! do que os Guardiões desempenharam contra Mulher-Maravilha. Vamos comparar o sexto final de semana dos dois: ambos enfrentaram a segunda semana de um elogiado filme da DC (Mulher-Maravilha e Shazam!), a abertura de um desastrado remake de horror (A Múmia e Hellboy), uma comédia familiar (As Aventuras do Capitão Cueca: O Filme e A Chefinha), um blockbuster de menor escala da Disney (Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar e Dumbo) e um punhado de filmes de terror para adultos (Ao Cair da Noite e Alien: Covenant em 2017, Cemitério Maldito e Nós em 2019). Porém, enquanto a continuação dirigida por James Gunn faturou naquela ocasião apenas US$ 6,3 milhões, com uma queda de 35,8% em relação à semana anterior, Capitã Marvel caiu apenas 30,7%.

 

Isso mostra que, mesmo em cartaz a tanto tempo e enfrentando concorrentes tão diversificados, a heroína mais poderosa do MCU tem conseguido cair menos e faturar mais que os Guardiões. De certa forma, com Hellboy sendo um fracasso colossal, Capitã Marvel e Shazam! são as únicas opções para quem quer assistir um blockbuster relativamente decente com ação e efeitos especiais, ao menos até a estreia de um certo filme muito aguardado no fim do mês. E com o feriado de Páscoa chegando, podemos imaginar que os dois Capitães Marvel poderão avançar bastante em suas respectivas bilheterias.

 

Na bilheteria internacional, Capitã Marvel faturou mais US$ 8 milhões nos 52 mercados em que está em cartaz. Com isso, a heroína soma US$ 678 milhões internacionalmente – o que é mais ou menos o faturamento global (internacional + EUA) de Doutor Estranho. O filme ainda ocupa o sétimo lugar entre as maiores bilheterias internacionais para filmes de super-heróis, uma posição que provavelmente irá se manter – afinal, dificilmente o longa alcançará os US$ 745,2 milhões de Guerra Civil.

 

 

Com isso, o total global de Capitã Marvel é de US$ 1.064 bilhão. O filme está a US$ 20 milhões de ultrapassar Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge e se tornar a nona maior bilheteria de super-heróis da história, o que deve ocorrer nos próximos dias. Depois, veremos se o filme conseguirá bater a marca de US$ 1.1 bilhão.

 

Arrecadando tanto dinheiro assim, não vai demorar até que a Disney produza uma nova aventura para a Capitã!

 

Bilheteria EUA de 05/04/19 a 07/04/19:

 

Filme Semanas em cartaz Renda no fim de semana (em US$) Renda acumulada (em US$)
1- Shazam! 2 24.453.514 94.226.527
2- A Chefinha 1 15.405.455 15.405.455
3- Hellboy 1 12.045.147 12.045.147
4- Cemitério Maldito 2 9.745.207 40.866.867
5- Dumbo 3 9.404.542 90.163.704
6- Capitã Marvel 6 8.611.527 386.525.108
7- Nós 4 6.810.365 163.362.790
8- After 1 6.002.349 6.002.349
9- Missing Link 1 5.944.950 5.944.950
10- The Best of Enemies 2 2.014.126 8.115.696

 

 

[amazon_link asins=’8583682860,8542617134,8583682399,854261058X,8542610105,8542607686,8542612078,8542607007,854261268X,8542610083′ template=’ProductCarousel’ store=’jonyrendrex-20′ marketplace=’BR’ link_id=’b5dcecdd-7b98-4383-a964-273a6bd6c63c’]

 

Leia TUDO SOBRE Capitã Marvel!

Agora que o artigo acabou, veja um vídeo do nosso canal!

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Sair da versão mobile