Com sucesso de Venom, Sony pode estar prestes a encerrar o acordo com a Marvel!

Curte lá!
Dá um follow aê!
Segue lá!
Se inscreve aê!

 

O acordo da Marvel Studios e Sony Pictures estava correndo muito bem. Até que um filme que custou 100 milhões rendesse 850 milhões ao redor do mundo. Nós estamos falando de Venom, o maior sucesso da história da Sony. E com esta empolgação, o estúdio está disposto a largar a Marvel Studios e todo o Universo Cinematográfico da Marvel!

 

Recapitulando: em 2014, a Sony lançava O Espetacular Homem-Aranha 2: A Ameaça de Electro. Rumores apontam que o orçamento do longa chegou a mais de 250 milhões, ele nunca foi divulgado oficialmente. O longa rendeu apenas 708 milhões mundialmente, marcando a menor bilheteria da história para um filme do Homem-Aranha. As críticas e o público detonaram o filme e a Sony se viu desesperada.

 

Me amarro nos filmes, mas é uma franquia fracassada.

 

Neste mesmo tempo, rolaram os vazamentos da Sony por conta do filme A Entrevista, que brincava com a morte do Presidente (cof cof Ditador) da Coreia do Norte. Nos vazamentos, vazaram e-mails que mostravam que havia uma conversa entre Sony e Marvel Studios há muito tempo. Que Kevin Feige havia tentado um acordo antes mesmo do primeiro Vingadores, quando o Aranha deu uma longa pausa dos cinemas. Foi descoberto que o primeiro Espetacular teria a Torre dos Vingadores, mas que foi descartado.

 

Com este vazamento e uma enorme pressão da internet, a Sony resolveu ceder os direitos do personagem e de toda a sua propriedade da Marvel ao seu estúdio de origem. Mas não se enganem, a Sony paga o orçamento dos filmes e cuida de todo o marketing. Por isso tivemos uma pancada de cena de Tony Stark em De Volta ao Lar mesmo que ele tenha menos de 15 minutos em tela. E também com a pressa de divulgação de Longe de Casa. A Marvel cuida do todo controle criativo. A Marvel Studios escolheu ator, história, diretor e todo o resto. A Sony apenas observou de longe e deu o “Ok”. Deixando que a Marvel fizesse todo o trabalho por ela.

 

Primeira aparição do Aranha de Tom Holland no Universo Cinematográfico da Marvel.

 

Como você pode ver, sempre foi uma parceria com um lado trabalhando mais do que o outro. Pense como um trabalho em grupo, no qual seu amigo só chega no dia da apresentação e se acha o líder porque havia pagado para imprimir as páginas. Bom, esta é a Sony. Agora chegamos a reviravolta: com o sucesso de Venom, está vendo que pode voar sozinha (ou ao menos acha isso). Se liga só no que o site Business Insider revelou recentemente, numa tradução do CinePOP:

 

“Se Venom tivesse fracassado nas bilheterias, provavelmente a Sony voltaria a barganhar com a Disney. Mas isto não aconteceu. A Sony se arriscou com Venom, e planeja iniciar uma série de filmes. E agora a Disney precisa mais da Sony do que a Sony da Disney. E para ter o Homem-Aranha para eles, só comprando a Sony.”

 

A lógica está certa se você pegar o histórico da Sony. Não muito tempo atrás, exatos 12 anos, o estúdio obrigava o diretor Sam Raimi, que fez o clássico Homem-Aranha 2, a inserir personagens que ele não queria no filme. 6 anos depois, a Sony insistiu numa ideia bizarra de um Homem-Aranha alá Batmans do Nolan, e fracassou fortemente. O estúdio tem seus acertos, mas também tem muitos erros.

 

Apesar da cara engraçada de Tobey Maguire, esta é uma das melhores cenas da história de filmes de super-heróis.

 

Por mais que Venom não seja sinônimo de qualidade de filme, seu sucesso é absoluto. O público abraçou o personagem e está ansioso para o que vem por aí. Mas, nós podemos perder com tudo isso. Pois estúdios pensam apenas em dinheiro. Eles conversam por cifrão. “A gente go$ta muito dos no$$os per$onagen$ e fã$”. Basicamente assim que eles conversam. Se a Sony achar que o futuro do Homem-Aranha não é nos Vingadores, e sim num Universo Cinematográfico de vilões (a Sony só tem isso fora o Aranha), eu e você ficaremos muito decepcionados.

 

Vamos aguardar os próximos capítulos dessa novela. Fique de olho no Legado da Marvel para maiores novidades, e vamos torcer para que Kevin Feige dê um juízo na cabeça da Sony, assim como provavelmente deu um juízo na cabeça deles para NÃO lançar um trailer de Homem-Aranha: Longe de Casa UM DIA depois de Vingadores: Ultimato.

 

Leia TUDO SOBRE Homem-Aranha: Longe de Casa!

Agora que a notícia acabou, veja um vídeo do nosso canal!

Comentários

legadodamarveldisqus