PUBLICIDADE

Final redentor de Ms. Marvel compensou por erro de Cavaleiro da Lua e outras séries

Apesar de muitos defeitos, série da Ms. Marvel trouxe um episódio final que redimiu erros de Cavaleiro da Lua e outras séries do MCU.

PUBLICIDADE

Ms. Marvel chegou ao fim no mês passado, e agora já estamos diante de Mulher-Hulk. Mas ainda há bastante o que se falar sobre a conclusão da série. E NÃO é sobre suas reviravoltas e a revelação de Kamala Khan ser a primeira mutante do MCU.

         LEIA TAMBÉM!

PUBLICIDADE

Portanto, já deixamos adiantado aqui que esse artigo é uma espécie de crítica sobre o episódio final da série e como ela fecha a temporada. Mas bem mais como uma opinião aberta do que uma análise. Frise quantas vezes precisas no OPINIÃO.

Afinal, entraremos em uma questão que muitos podem não entender ou gostar. Sim, a menção ao Cavaleiro da Lua não é em vão. Ela faz parte do X da questão, mas não da forma que muitos possam imaginar. Sabemos o quanto a série de Oscar Isaac é adorada pelos fãs e uma das melhores e ousadas do MCU.

PUBLICIDADE

O que é inegável e NÃO estamos aqui para falar disso. Mas sim o quanto ela brilhou nos outros episódios, mas teve um sexto e último episódio DECEPCIONANTE e muito abaixo dos outros. O sexto episódio de Cavaleiro da Lua é tristemente apressado e corrido, encerrando toda a trama da série sem nem dar um respiro.

E nem mesmo aproveitar para realmente entregar uma boa batalha final, ou tempo para Layla brilhar como a primeira super-heroína egípcia. Tudo ocorre em pouquíssimos minutos, nas meia-hora inacreditáveis que o episódio ganhou.

PUBLICIDADE

Tudo isso acabou reforçando e apontando um problema já recorrente das séries do MCU: o formato de 6 episódios. Embora com uma regularidade bem maior, o episódio final de Falcão e o Soldado Invernal é um pouco abaixo de seus antecessores.

PUBLICIDADE

Episódio final de Ms. Marvel ainda recompensou fãs com fanservice

Com a exceção de Loki (que talvez se safe por ser um final de TEMPORADA com grande gancho), Gavião Arqueiro também foi prejudicada pelo formato. Acumulando esses problemas de não saber construir uma série, o finale de Cavaleiro da Lua veio para não deixar dúvidas de que existe algo de erado nesse formato.

Curiosamente, seguindo um caminho reverso, o finale de Ms. Marvel veio para SALVAR a série. E conseguiu se aproveitar bem do seu tempo de duração para amarrar todas as pontas da temporada. Sim, ok… O episódio 5 da série é de longe um dos piores de toda a Marvel, o que torna essa redenção em algo obrigatório, mas ainda assim.

PUBLICIDADE
rtc-config='{ "urls": ["https://udr.uol.com.br?tag=publicidade&fmt=amprtc","https://page-context.uol.com.br/api/get-amp-page-context?url={{escapeURL}}"], "vendors": {"prebidappnexuspsp": {"PLACEMENT_ID": "24660215"}}, "timeoutMillis": 1000}' class="i-amphtml-layout-fixed i-amphtml-layout-size-defined" style="width:320px;height:50px" i-amphtml-layout="fixed">

Mas o episódio 6 mostra que, apesar das falhas do formato com essa quantidade de capítulos, ainda é possível entregar um encerramento que não seja totalmente apressado. Continuamos preocupados e desconfiados das próximas séries que chegarem com essa estratégia.

Pelo menos, a estreia da pequena Kamala Khan é um sopro de alívio e de esperança. A quantidade de episódios deveria valer e ser escolhida de acordo com a necessidade da trama. Não algo totalmente premeditado e imutável.

Olhando lá no universo vizinho da Disney, com as séries de Star Wars, temos uma variação na quantidade de episódios. Apesar de Obi-Wan Kenobi ter tido os mesmos 6 episódios, as duas temporadas d’O Mandaloriano tiveram 8.

Cavaleiro da Lua, uma série incrível prejudicada pelo seu episódio final

Por fim, O Livro de Bobba Fett chegou com 7 episódios. Se isso tem servido de lição, não sabemos. Mas temos que lembrar – e até reconhecer – que a nova série do Demolidor terá 18 episódios! Um salto muito drástico em relação a tudo que eles vêm fazendo por ora.

Se vamos voltar aqui em 2024 reclamando dos 18 episódios serem um exagero? É possível! Só que não podemos deixar de opinar até lá sobre os problemas atuais. Restando ainda mais a esperança de que apesar das polêmicas de CGI, Mulher-Hulk seja bem melhor distribuída e equilibrada.

Ms. Marvel pecou muito nos seus episódios 4 e 5, desviando a trama demais e perdendo tempo em uma outra direção. Só para descartar os Djinns e voltar para a ameaça da Controle de Danos, sendo que eles não tiveram nenhuma importância desde o começo.

A série tropeçou… mas conseguiu se levantar em um finale bastante honesto e que conseguiu salvar a imagem e deixar uma imagem MUITO mais positiva na cabeça do público. Estamos passando um pano muito grande? Talvez, mas se você reparar, vai ver que estamos certos.

Siga de olho no Legado da Marvel para mais informações, opiniões e curiosidades. Por fim, não se esqueçam que os primeiros episódios de Cavaleiro da Lua continuam como um dos melhores do MCU.

Escute o Podcast do Legado:

MAIS SOBRE A SÉRIE:

Nos quadrinhos a Ms. Marvel é a Kamala Khan, uma jovem de origem paquistanesa que descobre ser uma inumana. Ao desenvolver os seus poderes, a jovem se inspira na Capitã Marvel, Carol Danvers, para fazer o bem. Ela estreará no MCU com sua série no Disney+.

A atriz Iman Vellani foi confirmada como a protagonista. Enquanto Adil El Arbi e Bilall Fallah (Bad Boys Para Sempre), Sharmeen Obaid-Chinoy (Uma Garota no Rio) e Meera Menon (O Justiceiro, The Walking Dead, Titans), estão confirmados na direção dos episódios. Todos os SEIS EPISÓDIOS da série já estão disponíveis lá no Disney+.

Leia TUDO SOBRE Ms. Marvel!

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Sair da versão mobile