Deadpool 2 estreia com mais de 300 milhões em todo o planeta!

Curte lá!
Dá um follow aê!
Segue lá!
Se inscreve aê!

 

O mercenário mais zoeiro da Marvel chegou com tudo às bilheterias do globo. Deadpool 2 estreou com US$ 125,5 milhões nos Estados Unidos e US$ 175 milhões mundialmente, para um total global de pouco mais de US$ 300 milhões. Foi uma boa estreia para a comédia comandada por David Leitch, ainda que com alguns “poréns”.

 

    LEIA TAMBÉM!

 

Vamos começar pela bilheteria americana. Nos EUA, a estreia do longa foi levemente abaixo da do primeiro Deadpool, que faturou US$ 132,4 milhões há dois anos e meio (e US$ 141 milhões ajustados pela inflação). Ainda assim, Deadpool 2 pode até não ter conseguido bater seu predecessor, mas no entanto não deixa de ser uma ótima estreia. Afinal, o longa superou It: A Coisa para ser a segunda maior abertura para um filme para maiores, atrás apenas do primeiro Deadpool. Além disso, é também a segunda maior estreia da história da Fox, novamente perdendo apenas para o primeiro longa do Mercenário Bocudo. Finalmente, é o terceiro maior fim de semana para uma adaptação da Marvel que não pertence ao MCU, logo atrás de Deadpool e Homem-Aranha 3 (US$ 151 milhões lá no longínquo 2007).

 

No site CinemaScore, que mede a opinião dos espectadores após saírem do cinema, Deadpool 2 recebeu uma ótima nota A (equivalente a um 9/10 no Brasil), o que indica que o longa agradou ao público. 62% da audiência tinha acima de 25 anos, de modo que o filme atraiu um público um pouco mais velho que o do primeiro Deadpool, no qual a porcentagem de pessoas acima dos 25 era de 53%. Além disso, o público foi majoritariamente masculino: 61% de homens contra 39% de mulheres.

 

 

Até o sábado pela manhã, parecia que Deadpool 2 iria superar a abertura do primeiro. Contando as pré-estreias, o longa havia faturado excelentes US$ 53 milhões em sua primeira sexta-feira, o que foi mais do que Deadpool (US$ 47,3 milhões) no mesmo dia. No entanto, o sábado e o domingo da sequência do Mercenário Bocudo foram inferiores aos de sua primeira aventura-solo nos cinemas, de forma que Deadpool 2 acabou com uma abertura 5% menor que a de Deadpool. Então, o que aconteceu?

 

Em primeiro lugar, Deadpool teve uma vantagem que seu predecessor não compartilhou: o fato da segunda-feira após seu primeiro fim de semana ter sido feriado nos EUA. Dessa forma, o fato de não terem que trabalhar no dia seguinte pode ter estimulado o público a comparecer nos cinemas no domingo, gerando ótimos números para o filme em seu terceiro dia.

 

 

Aliás, por ter saído em fevereiro, a data de lançamento de Deadpool lhe conferiu uma série de vantagens adicionais, como o fato de ser o primeiro blockbuster nos cinemas desde Star Wars: O Despertar da Força e o primeiro filme de heróis desde, bem, Quarteto Fantástico, que havia estreado havia mais de seis meses. O longa foi capaz de atrair não só quem buscava um filme de super-heróis, mas também um procurava um filme do tipo diferente – o que a audiência não recebia desde Guardiões da Galáxia, em agosto de 2014. Em comparação, Deadpool 2 é o terceiro filme de heróis seguido só nos últimos três meses. E aquilo que poderia ajudá-lo a diferenciá-lo de seus concorrentes, ou seja, suas piadas desbocadas e sua extrema violência, bem, isso já não é mais novidade desde o primeiro filme. Afinal, se a audiência foi surpreendida com o charme lunático do personagem em Deadpool, para sua sequência o público já sabia o que esperar de Wade Wilson.

 

Eu enxergo a situação de Deadpool 2 de maneira similar à de Vingadores: Era de Ultron há dois anos: ambos são as sequências de filmes que quebraram recordes de bilheteria em sua abertura e, portanto, foram muito mais caras (o longa custou US$ 110 milhões, quase o dobro dos US$ 58 milhões de Deadpool). Ainda assim, por já não terem mais a “novidade” do primeiro, ambos abriram com valores levemente inferiores aos de seus predecessores. E, curiosamente, os dois podem culpar eventos fora do cinema por sua abertura levemente menor: se Era de Ultron teve que disputar espaço com a partida de boxe entre Floyd Mayweather Jr. e Manny Pacquiao, Deadpool 2 precisou competir com o Casamento Real no Reino Unido, assistido por quase 30 milhões de pessoas nos EUA.

 

 

De toda forma, o caminho à frente de Deadpool 2 será duro: além da contínua concorrência com Vingadores: Guerra Infinita, o filme precisará brigar também com Han Solo: Uma História Star Wars, que promete fazer uma ótima abertura na semana que vem. Portanto, dificilmente conseguirá alcançar os US$ 363 milhões que o primeiro Deadpool faturou nos EUA.

 

Por outro lado, o filme custou apenas US$ 110 milhões, mais do que o primeiro, porém ainda assim barato em comparação com outros filmes de heróis – basta dizer que trata-se de quase a metade do orçamento de Pantera Negra e quase um terço do que Guerra Infinita custou (!). Assim, o longa não precisa de muito para dar lucro ao seu estúdio. Por isso, a partir da próxima semana, dependendo de como o longa se segurar perante os dois blockbusters da Disney, saberemos se conseguirá chegar aos US$ 300 milhões na bilheteria doméstica.

 

 

Fora dos EUA, Deadpool 2 estreou com excelentes US$ 175 milhões. Isso faz do longa a melhor abertura internacional para a Fox, superando por pouco X-Men: Dias de um Futuro Esquecido, que havia estreado com US$ 172 milhões em 2014, e com a ajuda da China – país no qual provavelmente Deadpool 2 não estreará por conta da rígida censura. Trata-se também da maior abertura internacional para um filme para maiores, superando os US$ 159 milhões de Logan. Finalmente, comparando o mesmo conjunto de territórios e usando as taxas cambiais de hoje, a abertura internacional de Deadpool 2 foi 7% maior que a do primeiro filme.  Uma situação quase oposta à ocorrida nos EUA, o que demonstra que a sequência foi mais antecipada fora de lá do que dentro.

 

O longa ficou em primeiro lugar em todos os países nos quais abriu e foi a melhor abertura da história da Fox em 10 mercados, incluindo México, Índia, Indonésia, Tailândia, Vietnã, Argentina e Chile. No Reino Unido, o longa foi obviamente impactado pelo Casamento Real, porém ainda conseguiu faturar US$ 18 milhões, a segunda maior abertura da história para um filme adulto.

 

 

Os maiores mercados para Deadpool 2, afora o Reino Unido, foram a Coréia do Sul (US$ 17 milhões), a Rússia (US$ 11,8 milhões), a Austrália (US$ 11,7 milhões, uma estreia 3% maior que a de Deadpool) e o México (US$ 10,1 milhões, 32% melhor que a do primeiro filme do Mercenário Bocudo).

 

Será que Deadpool 2 vai conseguir alcançar ou superar os US$ 783 milhões da bilheteria global do primeiro filme? Continue acompanhando o seu Legado da Marvel para saber! 🙂

 

Bilheteria EUA de 18/05/18 a 20/05/18:

 

Filme Semanas em cartaz Renda no fim de semana (em US$) Renda acumulada (em US$)
1- Deadpool 2 1 125.507.153 125.507.153
2- Vingadores: Guerra Infinita 4 29.452.903 595.813.862
3- Do Jeito que Elas Querem 1 13.582.231 13.582.231
4- Alma da Festa 2 7.603.850 30.915.357
5- Breaking In 2 6.826.385 29.106.095
6- Show Dogs 1 6.023.972 6.023.972
7- Overboard 3 4.625.858 36.874.428
8- Um Lugar Silencioso 7 3.944.442 176.080.755
9- Rampage: Destruição Total 6 1.577.260 92.500.589
10- Sexy por Acidente 5 1.265.813 46.604.270

 

Veja a nossa galeria do filme:

[URIS id=6634]

Leia TUDO SOBRE Deadpool 2!

Agora que a notícia acabou, veja um vídeo do nosso canal!

Comenta aí, Marvete!

legadodamarveldisqus