Entenda a decisão do Doutor Estranho no final de Guerra Infinita!

Curte lá!
Dá um follow aê!
Segue lá!
Se inscreve aê!

 

No caminho de volta da minha sessão de Vingadores: Guerra Infinita minha cabeça estava a mil. Não parava de relembrar as diversas cenas incríveis que havia acabado de assistir ou de criar teorias para o próximo longa dos heróis mais poderosos da Terra. Entre um pensamento e outro, um dúvida não parava de me atormentar: o que Stephen Strange queria dizer com “Não tinha outro jeito, precisava ser assim”? Logo no começo ele havia dito que deixaria Tony Stark e Peter Parker morrerem se isso fosse necessário para manter a Joia do Tempo em longe de Thanos. Então por que ele trocou-a sem pestanejar pela vida do Homem de Ferro?

 

    LEIA TAMBÉM!

 

Depois de pensar um pouco concluí o óbvio. A “viajar no tempo” o Mago Supremo viu algo que o fez mudar de ideia. Chegando em casa, corri para a internet achando que havia descoberto algo inédito e… já estava todo mundo comentando essa teoria. Strange entregara o Olho de Agamotto pois era o que acontecia na única linha do tempo em que os Vingadores vencem.

 

Só que não acaba por aí. A decisão dele dá a entender que o Homem de Ferro será de extrema importância na continuação. Se Strange não entregasse a joia, era bem provável que Thanos matasse o ferroso e pegasse a Joia de qualquer maneira. Quase o mesmo final que vimos nos cinemas, com a diferença que Tony Stark não sobreviveria para contar história. Mais do que necessário, Tony Stark parece ser essencial na revanche contra o Titã Louco.

 

 

Mas nada disso teria acontecido se não fosse o Peter Quill, certo? Errado. Tendo visto todos os futuros possíveis, Strange sabia o caminho cada um deles. Se o Senhor das Estrelas estivesse fazendo algo que pudesse resultar num final diferente, ele certamente teria interferido. Como, por exemplo, criar um portal para o outro lado do planeta a fim de que o saqueador não sabotasse o plano que ele mesmo criou. O mago também poderia ter cortado a mão do vilão com um portal, do mesmo jeito que aconteceu com Estrela Negra. Só que, novamente, essas decisões poderiam resultar na morte de alguém que seria fundamental para o destino do universo.

 

Portanto, era inevitável que Thanos reunisse todas as Joias do Infinito. Isso aconteceria de um jeito ou de outro, não haveria como impedir que o vilão alcançasse o seu objetivo. Então, depois de vislumbrar todos os possíveis resultados da luta com Thanos, Stephen decidiu apenas direcionar as decisões de cada personagem para aquele único futuro em os Vingadores saem vitoriosos. Em Guerra Infinita o Mago Supremo da Marvel deixou a barganha de lado e decidiu apostar sua única ficha verde na linha do tempo em que ele e a outra metade do universo voltam à vida.

 

Veja a nossa galeria do filme:

[URIS id=5942]

Leia TUDO SOBRE Vingadores: Guerra Infinita!

Agora que a notícia acabou, veja um vídeo do nosso canal!

Comenta aí, Marvete!

legadodamarveldisqus