“Eu sou uma pessoa melhor por interagir com vocês”, diz James Gunn em textão no Facebook

Curte lá!
Dá um follow aê!
Segue lá!
Se inscreve aê!

Vocês seguem o James Gunn no Facebook? Se não, deviam MESMO seguir. Eu pessoalmente, o sigo desde a estreia do 1° filme. É muito bom a forma em que ele se comunica com os fãs, fazendo lives, explicando cada dúvida (sem dar spoilers, claro) e agradecendo sempre pelo carinho que recebe.

 

Neste sábado, ele atacou com mais um de seus textões, mas não de polêmica, e sim de agradecimento. Vale a pena a leitura, está muito lindo. Você pode ler o post na integra clicando aqui, ou se preferir, vamos postar a tradução do post aqui embaixo. 🙂

 

“Passei os últimos 2 anos e meio da minha vida fazendo esse filme. Provavelmente 95% desse tempo sem dormir direito. E, às vezes, parece que tudo se resume a essas poucas semanas antes da estreia. Vou te dizer, é angustiante.

O filme está estreando muito bem no mundo inteiro. Quase 50% a mais que o primeiro filme em todos os territórios que estreou, e um sucesso em uns países aonde o primeiro não foi tão bem (Oi, Coréia!).

Estou excepcionalmente orgulhoso em como ele está indo nos países em que visitei e fiz muitos amigos nos últimos anos – Tailândia, Brasil, Colômbia, Rússia e Reino Unido. Vocês me receberam tão bem em seus países, e eu sou uma pessoa melhor por interagir com vocês. 

Então, quando estreamos ao redor do mundo, eu estaria mentindo se dissesse que não me distraio com os números. A primeira coisa que eu faço de manhã é rolar na cama e abrir meu celular para checar os números de bilheteria.

Mas, no final, não é isso que importa para mim. Eu tô escrevendo isso para vocês saberem, mas também para me relembrar. Porque eu sou um ser humano e às vezes esqueço.

Quando eu era jovem eu me sentia completamente sozinho, às vezes até o ponto de ter pensamentos suicidas. Nunca me senti como se pertencesse à algo, tinha uma enorme dificuldade de me conectar com outras pessoas, e apesar de ter amor ao meu redor, eu tive um tempo que era impossível experimentá-lo, ou trazê-lo para dentro de mim.

Mas, eu encontrei meu refúgio em entretenimento popular – quadrinhos da Marvel, ficção-cientifica e filmes de terror, as músicas do Sex Pistols, The Replacement e Queen. De repente, eu pude ver além do subúrbio de onde eu morava, entrando em mundo mais mágico. Um mundo mais alinhado do que eu esperava. Às vezes eram só obras fantasiosas escapistas que me distraíam das dificuldades de minha vida interna. Mas outras vezes, nos momentos mais fortes – talvez através das palavras de Alice Cooper ou Freddie Mercury, através de filmes do Cronenberg, ou mesmo um rosnado do Chewbacca, eu experimentei algo mais profundo – a realização de que eu não estava completamente sozinho. Alguém lá fora era tão estranho quanto eu.

Então nesta manhã, com a internet discutindo a bilheteria e suas teorias em torno do que isso significa (zzzzzzzz). Eu gostaria de lembrar que isso é verdadeiramente sem noção e barulhento. O único significado de dinheiro para mim é que eu posso pagar a minha hipoteca, alimentar meu cachorro e gato, e continuar fazendo filmes. Eu não trabalhei 2 anos e meio para assistir uma discussão de números ser maior.

Eu trabalhei porque gosto de contar histórias. Eu trabalhei porque eu amo a relação que eu tenho com os meus colaboradores. E eu faço isso porque gosto de me conectar com as pessoas, e a maneira mais fácil de se fazer isso é através do cinema. Eu faço isso para que um garoto na Tailândia, ou Inglaterra, ou Colômbia, ou Brasil, ou Japão, ou Rússia, ou qualquer um lugar, possa ouvir a frequência de seu coração batendo de volta nos Guardiões. 

Eles são eu. Eles são você. Eu sou o Groot.

E não importa o quanto os líderes mundiais estão dizendo que não estamos juntos, nós estamos. Você não está sozinho.

Muito obrigado, meus amigos de Facebook, por me apoiarem nesses 2 anos e meio, obrigado pelas mensagens que nos deixaram saber que de alguma forma nós tocamos o seu coração. Eu amo todos vocês, e continuarei aqui nos próximos 3 anos enquanto estiver criando o Vol. 3.

<3

James

PS: Ainda bloqueando spoilers. Desculpa.”

 

Texto pesado, né? Depois dessa a gente tá é como?!

 

 

O filme segue em exibições no cinema. Vai assistir! Ou rever, sei lá! Só vai assistir!

Comenta aí, Marvete!

legadodamarveldisqus