M’Baku não será chamado de Homem-Gorila em Pantera Negra

Curte lá!
Dá um follow aê!
Segue lá!
Se inscreve aê!

Nos dias hoje, chamar um personagem africano de Homem-Gorila, poderia gerar problemas sérios para a Marvel Studios. Mas, ao invés de excluir o personagem, eles vão simplesmente não chama-lo por esse nome.

     LEIA TAMBÉM!

 

Além de ser chamado de Homem-Gorila, o personagem se veste como um símio. Isso também não vai acontecer. E o produtor do longa, Nate Moore, explicou isso numa entrevista à revista EW:

 

“Ter um personagem negro vestido como um macaco, acho que há muitas implicações raciais que não caem bem, se fizerem mal. Mas a ideia de que eles adoram os deuses gorilas é interessante porque é um filme sobre o Pantera Negra, sendo ele próprio uma espécie de divindade.”

 

Sabemos que o personagem será contra as atitudes de T’Challa, ele acredita que Wakanda deve permanecer oculto, enquanto T’Challa se revela para o mundo.

 

“Na visão que M’Baku tem do mundo, T’Challa cometeu um grande erro nas Nações Unidas. Nunca devemos nos envolver com o mundo exterior. Isso é um erro terrível. E se seu filho é como seu pai, eu não o apoio no trono.”

 

Nome polêmico, mas um personagem forte:

 

“Homem-Gorila é um personagem problemático por muitas razões, mas a ideia que pensávamos por trás do Homem-Gorila era realmente fascinante … É uma linha que penso estarmos trilhando, e espero que caminhemos com sucesso.”

 

Excelente atitude dos produtores e diretor de Pantera Negra, não acha? O filme estreia no dia 15 de fevereiro! Leia mais: Pantera Negra terá papel importante em Vingadores: Guerra Infinita.

 

Tradução via: Limbo Universo.

Comenta aí, Marvete!

legadodamarveldisqus