Pantera Negra e as Mulheres de Wakanda!

Curte lá!
Dá um follow aê!
Segue lá!
Se inscreve aê!

O trailer de Pantera Negra saiu na última sexta-feira (9), e entre os destaques, como atitude e um belo visual, estão as personagens femininas que marcam presença no vídeo, que em seus poucos segundos já ganharam a internet. Parece ter surgido uma grande oportunidade de representatividade feminina sem que tenha que se esperar até 2019 pelo filme da Capitã Marvel.

 

    LEIA TAMBÉM!

 

O sucesso das personagens no trailer apenas faz jus a importância que o elenco feminino há tempos obtém nos quadrinhos do Pantera. O Rei T’Challa, em seus momentos de glória, ou de crise, sempre contou com mulheres ao seu redor tendo peso em suas decisões e consequências, seja as mulheres de sua família ou as guerreias Dora Milaje. Nós, do Legado da Marvel, decidimos apresentar um pouco mais as mulheres destes dois núcleos.

 

A família real: Ramonda e Shuri

 

Ramonda, ex-rainha enquanto esposa do falecido T’Chaka, a personagem nos quadrinhos é a mãe de consideração de T’Challa (sua mãe biológica morreu dando à luz ao personagem). É possível que no filme essa história sofra alteração e Ramonda seja a sua verdadeira mãe. Angela Bassett (American Horror Story), escolhida para dar vida à personagem, parece a opção ideal para trazer autoridade e compaixão que a Rainha Mãe de Wakanda precisa.

 

 

Shuri é a irmã mais nova de T’Challa, criada nos quadrinhos apenas em 2005, na fase de Reginald Hudlin. A relativamente desconhecida Letitia Wright (Humans) interpretará esta versão da personagem que é tanto princesa quanto uma das mais brilhantes cientistas de Wakanda. Recentemente, o diretor Ryan Coogler (Creed: Nascido Para Lutar) disse que seu intelecto estará a par com o de Tony Stark.

 

 

Dora Milaje: As Adoradas

 

As guerreiras Dora Milaje formam o principal exército de Wakanda. O exército mais confiável do rei, responsável por sua guarda pessoal, é formado exclusivamente por mulheres. Como missão de paz e unificação, mulheres de todas as tribos de Wakanda (muitas sendo rivais) integram o exército. Com a promessa de que irão chutar muitas bundas no próximo ano, as Dora Milaje contarão com três figuras principais no filme:

 

Danai Gurira (The Walking Dead) será Okoye, a general das Dora Milaje. Sua figura de liderança pode estar representada no fato de ser a única do exército em ter seus adereços com detalhes dourados.

 

 

Lupita Nyong’o (12 Anos de Escravidão) será Nakia. Nos quadrinhos ela eventualmente se torna uma vilã, sendo aliada do Killmonger, no filme interpretado por Michael B. Jordan.

 

Algumas coisas evidenciam que sua versão no filme pode ser de uma ex-Dora Milaje, já que a personagem aparece constantemente sem a armadura das guerreiras, com exceção de sua última cena o trailer, que parece ser o clímax do filme, momento em que a personagem pode voltar a usar a roupa vermelha.

 

 

Florence Kasumba (Capitão América: Guerra Civil) será Ayo, guerreira próxima da general Okoye. A personagem nos quadrinhos é homossexual, mas ainda não se sabe se sua versão do cinema manterá esta sua identidade sexual. A personagem já marcou presença no Universo da Marvel, ameaçando a Viúva Negra em Guerra Civil.

 

Algo marcante em todas essas personagens femininas é o visual. Apoiado em referências de diversas tribos, e abraçando a afrofuturismo, destaca-se nas personagens tanto sua beleza quanto imponência. E o termo “Mulheres de Wakanda” parece se aplicar também às mulheres por de trás das câmeras. O diretor Ryan Coogler, consciente da importância na inclusão de diversidade, fez algumas mudanças na equipe que geralmente produz os filmes da Marvel Studios, trazendo dessa vez três mulheres para comandar algumas das principais funções: Rachel Morrison (Dope: Um Deslize Perigoso; Creed: Nascido Para Lutar) é a diretora de fotografia; Ruth E. Carter (Malcom X; Selma: Uma Luta Pela Igualdade) é a figurinista; Hannah Beachler (Moonlight: Sob a Luz do Luar; Leomande) é a responsável pelo design de produção.

 

   LEIA TAMBÉM!

 

A Marvel Studios nem sempre acerta com a representatividade feminina, mas parece que desta vez o estúdio abraçou a oportunidade que o universo de Wakanda disponibiliza e está pronta para entregar personagens marcantes e que talvez possam ressoar de forma mais pessoal com o público no próximo ano.

Veja a nossa galeria do filme:

[URIS id=5905]

Leia TUDO SOBRE Pantera Negra!

Agora que o artigo acabou, veja um vídeo do nosso canal!

Comenta aí, Marvete!

legadodamarveldisqus