Venom passa dos 800 milhões e supera Mulher-Maravilha!

Curte lá!
Dá um follow aê!
Segue lá!
Se inscreve aê!

 

Após quase dois meses em cartaz, Venom continua superando uma marca atrás da outra, para surpresa de todo o planeta. O longa estrelado por Tom Hardy chegou à inacreditáveis US$ 822,5 milhões mundialmente, tornando-se a quinta maior bilheteria mundial do ano, logo atrás de quatro filmes bilionários: Os Incríveis 2 (US$ 1.24 bilhão), Jurassic World: Reino Ameaçado (US$ 1.30 bilhão), Pantera Negra (US$ 1.34 bilhão) e Vingadores: Guerra Infinita (US$ 2.04 bilhões).

 

E o mais absurdo é que como este ano, ao contrário dos três anteriores, não haverá nenhum novo capítulo de Star Wars para faturar horrores em dezembro, é provável que Venom se mantenha nesta quinta posição global, efetivamente tornando-se o maior longa a estrear no final de 2018. Nenhum dos outros blockbusters que estrearam ou vão estrear nos últimos meses do ano parecem ter o poder de alcançar o simbionte. Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald terá sorte se chegar aos US$ 650 milhões; Wi-Fi Ralph: Quebrando a Internet não deve ir muito além dos US$ 700 milhões; O Retorno de Mary Poppins deve ser bem sucedido nos EUA (onde a nostalgia pelo clássico dos anos 60 é forte) mas nem tanto fora de lá, e Bumblebee… bem, digamos que os prognósticos para este spin-off de Transformers não são lá muito encorajadores. Os únicos longas que podem se aproximar da bilheteria mundial de Venom são os filmes de heróis Aquaman e Homem-Aranha no Aranhaverso, mas mesmo eles precisarão de uma série de elementos (boas críticas, interesse do público, uma boa performance durante a temporada de Natal) para chegar lá.

 

Seja como for, Venom é agora o sexto maior filme da história da Sony na bilheteria global, logo atrás dos dois últimos 007, Jumanji: Bem-Vindo à Selva, Homem-Aranha 3 e De Volta ao Lar. O longa deixou para trás na bilheteria mundial hits do calibre dos dois primeiros Homem-Aranha de Sam Raimi, Deadpool e Mulher-Maravilha para se tornar nada menos que a 15ª maior bilheteria global para um filme de heróis de todos os tempos, logo atrás de Thor: Ragnarok (US$ 854 milhões no ano passado).

 

 

É meio surreal pensar que o filme-solo deste vilão do Homem-Aranha, que não conta com um segundo sequer de tempo de tela do herói aracnídeo, foi capaz de superar quase todos os longas do próprio Cabeça de Teia, bem como outros personagens populares, incluindo o Superman e a Mulher-Maravilha, não acha?

 

E o mais curioso é que, ao deixar para trás a estreia do Aracnídeo nos cinemas e o longa da Amazona de Themyscira do ano passado, Venom se torna essencialmente a terceira maior bilheteria global da história para um filme de origem de super-heróis, logo atrás dos hits do MCU Pantera Negra e Homem-Aranha: De Volta ao Lar.

 

Entretanto, há um pequeno problema com esta classificação: nem o T’Challa de Chadwick Boseman nem o Peter Parker de Tom Holland eram completos novatos nas telonas quando seus filmes-solo chegaram às salas escuras. Ambos, aliás, foram apresentados pela primeira vez ao público no mesmo filme, Capitão América: Guerra Civil, que faturou US$ 1.15 bilhão em 2016 e foi a maior bilheteria global daquele ano; já Venom não pôde contar com a mesma vantagem. Claro, o anti-herói era popular desde sua primeira aparição nos quadrinhos e foi um dos vilões de Homem-Aranha 3 (que faturou US$ 890 milhões em 2007), mas esta versão específica do Venom, interpretada por Tom Hardy, apareceu pela primeira vez no atual longa em cartaz nos cinemas, não tendo sido introduzida em nenhum filme anterior.

 

Riz Ahmed in Venom (2018)

 

Em outras palavras, Venom é a maior bilheteria mundial para um filme de heróis cuja versão do protagonista está estreando nas telas. Todos os outros longas do gênero com um faturamento global maior que o simbionte ou eram continuações ou traziam personagens que já haviam sido apresentados em longas anteriores (Pantera, De Volta ao Lar, Os Vingadores). Dessa forma, foi uma recepção nada menos que excelente para o simbionte.

 

A situação de Venom é curiosamente bem parecida com a do primeiro Deadpool, que chegou às telas há quase três anos atrás. Ambos foram protagonizados por personagens extremamente populares dos quadrinhos, mas que atuaram como coadjuvantes/antagonistas em filmes de heróis pavorosamente recebidos por crítica e público, respectivamente Homem-Aranha 3 e X-Men Origens: Wolverine. As versões de ambos os personagens em tais longas tornaram-se motivo de piada entre os fãs, motivando Hollywood a reintroduzi-los em filmes supostamente mais fiéis às HQs – e sendo surpreendentemente bem sucedidos no processo. Tanto Venom como Deadpool tornaram-se grandes e ridiculamente lucrativos hits para seus estúdios, faturando absurdos em relação ao seu orçamento.

 

Mas há uma diferença crucial entre os dois longas, que foi determinante para que o simbionte superasse o mercenário bocudo na bilheteria global: a China. Enquanto Deadpool, por seu conteúdo violento e politicamente incorreto, foi vetado de ser exibido no país oriental, Venom não teve o mesmo problema, e ficou livre para se tornar um sucesso de proporções massivas na China.

 

Tom Hardy and Michelle Williams in Venom (2018)

 

Falando nisso, o longa entrou em sua terceira semana de exibição no país e alcançou uma marca de incríveis US$ 243 milhões na China. Trata-se de nada menos que o segundo maior filme de heróis da história na bilheteria do país, superando Vingadores: Era de UltronSim, é isso mesmo: na China, Venom foi maior que todos os longas de heróis da DC e da Fox e quase todos do MCU, com exceção de Guerra Infinita.

 

Essa foi mais uma das vantagens da Sony ter transformado Venom em um longa de censura mais branda. Caso Venom fosse proibido para menores, tal como os fãs hardcore do simbionte estavam desejando, o longa provavelmente teria sido proibido na China. Ou seja, a Sony pode até ter desagradado alguns fãs (e críticos) com sua decisão, mas foi capaz de faturar absurdos graças a ela.

 

Ou seja, o próximo filme pode até trazer o Carnificina, mas muito provavelmente também terá a mesma classificação da primeira aventura do Venom, para desespero dos fãs que desejam ver os dois simbiontes mordendo cabeças de forma mais explícita. E você, o que achou de Venom? Está animado para assistir mais aventuras desta versão do simbionte estrelada por Tom Hardy? Comente com a gente! 🙂

 

Leia TUDO SOBRE Venom!

Agora que o artigo acabou, veja um vídeo do nosso canal!

Comentários

legadodamarveldisqus