Vingadores tem estreia DESTRUIDORA no planeta, confira todos os recordes!

Curte lá!
Dá um follow aê!
Segue lá!
Se inscreve aê!

 

Se fôssemos definir a estreia de Vingadores: Guerra Infinita em apenas uma palavra, esta seria arrasadora. O aguardadíssimo longa comandado pelos Irmãos Russo fez jus à toda a ansiedade dos fãs e faturou em seu primeiro fim de semana absurdos  ao redor do globo. Foram nada menos que US$ 257 milhões nos EUA e US$ 383 milhões internacionalmente, para um total global de titânicos US$ 640 milhões.

 

    LEIA TAMBÉM!

 

Para que você tenha uma ideia do quão absurda foi a estreia do longa, basta apenas dizer que se trata do maior fim de semana de abertura nos EUA, superando os US$ 248 milhões de Star Wars: O Despertar da Força, e o maior global, deixando para trás em quase US$ 100 milhões (!) os US$ 541 milhões de Velozes & Furiosos 8 no ano passado.

 

Por outro lado, o oitavo Velozes ainda leva vantagem na abertura internacional (ou seja, excluindo os EUA), tendo faturado US$ 443 milhões em sua estreia ao redor do globo. Entretanto, o longa estrelado por nosso Groot Vin Diesel teve o auxílio da China, que levou Velozes 8 a uma abertura de US$ 185 milhões, enquanto Vingadores 3 não estreia no país oriental até o dia 11 de maio. Ninguém duvida, porém, que Guerra Infinita fará números absurdos por lá também, dada a popularidade do MCU na China – e eu sou capaz de apostar que o longa deve superar Era de Ultron como a maior bilheteria para um filme de super-heróis no país.

 

Voltando aos EUA, antes da estreia, todos já imaginavam que Guerra Infinita abriria com números monstruosos, ainda mais quando a Disney antecipou sua estreia nos cinemas americanos. Ainda assim, poucos apostavam que o longa seria capaz de alcançar os números do primeiro fim de semana de O Despertar da Força, com as principais previsões girando em torno dos US$ 215 milhões aos US$ 240 milhões nos cinemas norte-americanos. No entanto, a ansiedade dos fãs falou mais alto, e aos poucos os analistas e a própria Disney foram se dando conta de que estavam diante de um fim de semana histórico.

 

Na sexta-feira, dia 27, o longa faturou gigantescos US$ 106 milhões, valor que inclui as pré-estreias de pouco menos de US$ 40 milhões, recorde para o MCU. Trata-se do terceiro filme a faturar mais de US$ 100 milhões no primeiro dia, juntamente com os colegas de Disney Os Últimos Jedi e O Despertar da Força, e a segunda maior sexta-feira de estreia dos EUA, atrás apenas dos US$ 119 milhões do Episódio VII da saga espacial da Lucasfilm.

 

Mas a verdadeira magia aconteceu no sábado e no domingo: Guerra Infinita faturou imensos US$ 83 milhões no dia 28, o que o torna, de (bem) longe, o maior sábado de abertura da história, bem à frente de longas como o primeiro Vingadores (US$ 69,5 milhões) e Jurassic World (US$ 69,4 milhões), os recordistas anteriores. Já no domingo, foram mais US$ 69 milhões, o bastante para ser também o maior domingo de abertura da história, superando Pantera Negra (US$ 60 milhões) e O Despertar da Força (US$ 60,5 milhões).

 

Segundo alguns analistas do mercado cinematográfico, uma ótima bilheteria no sábado e no domingo significa um grande comparecimento do público jovem, adolescente e famílias com crianças, uma vez que eles possuem mais disponibilidade para comparecer aos cinemas nos dias de folga. Assim, a audiência do filme foi 58% masculina, com pouco mais de 40% tendo menos de 25 anos de idade, uma porcentagem de jovens acima das de Pantera Negra (39%) e Os Últimos Jedi (37%) em seus respectivos primeiros finais de semana. 8% do público foi de crianças de até 12 anos, 11% de adolescentes dos 13 aos 16 anos, 23% de jovens entre 17 e 25 anos, 26% tinham entre 26 e 35, 21% entre 36 e 49, e 11% acima dos 50 anos. No site CinemaScore, os cinéfilos deram uma nota A ao longa, o que significa que o público está respondendo bem ao filme.

 

No total, Guerra Infinita tornou-se o sexto filme a fazer mais de US$ 200 milhões em seu primeiro fim de semana, e o maior deles também, superando o citado Despertar da Força. O sétimo episódio de Star Wars, porém, ainda leva vantagem nos valores ajustados pela inflação, tendo faturado US$ 262 milhões corrigidos, o que significa que, em seu primeiro fim de semana, o filme comandado por J.J. Abrams levou mais pessoas aos cinemas do que Guerra Infinita. Mas este é também o único longa também a superar o terceiro Vingadores nos valores ajustados, já que o filme conseguiu deixar para trás os US$ 234 milhões corrigidos do primeiro longa dos Heróis Mais Poderosos da Terra. Em outras palavras: Guerra Infinita é o segundo filme a levar o maior número de pessoas no espaço de um fim de semana.

 

Dito isso, fica a pergunta agora: baseado em seu imenso primeiro fim de semana, qual pode ser a bilheteria final deste terceiro Vingadores? Bem, filmes que abrem acima dos US$ 200 milhões tendem a ser bem quistos pelo público e terem carreiras longas nas bilheterias. Mesmo o polêmico e muito discutido Os Últimos Jedi conseguiu chegar a monstruosos US$ 620 milhões nos EUA. Sendo assim, vamos examinar algumas das possibilidades?

 

Pois bem, o pior dos casos seria se o filme caísse rapidamente nas próximas semanas. Foi o que houve, por exemplo, com Homem de Ferro 3 e Capitão América: Guerra Civil, os dois filmes da Marvel com os desempenhos mais fracos pós-primeiro fim de semana. Assim, caso Guerra Infinita haja como uma versão turbinada dessas partes 3 da Marvel, sairá de cartaz com entre US$ 587 milhões e US$ 605 milhões, o bastante para ser o terceiro maior filme de heróis da história (atrás de Vingadores e Pantera), porém ainda levemente decepcionante, por se tratar da menor bilheteria final para um longa que abriu acima dos US$ 200 milhões.

 

Não creio que isso seja exatamente provável, mas ainda é possível. Imagine se o tom apocalíptico e a longa duração do filme afastarem os mais jovens e seus pais, enquanto ao mesmo tempo Deadpool 2 e Han Solo: Uma História Star Wars forem bem recebidos e agirem como estraga prazeres? Vimos algo similar no final do ano passado, com Os Últimos Jedi vendo parte de sua audiência migrar para o bem mais family-friendly Jumanji: Bem-Vindo à Selva.

 

Falando nisso, um desempenho similar ao do oitavo Star Wars, que é muito bom para os padrões do MCU, põe Vingadores 3 com uma bilheteria final de US$ 726 milhões. Caso isso ocorra, estaríamos diante do terceiro maior filme da história (superando o recente Pantera Negra), e o maior de heróis, tanto em valores não ajustados quanto ajustados (superando novamente Pantera e o primeiro Vingadores, respectivamente). Finalmente, caso o filme mantenha sua audiência de forma grandiosamente consistente ao longo dos próximos dias e tenha um desempenho similar ao do primeiro Vingadores (que triplicou sua bilheteria de abertura), então o longa chegaria a absurdos US$ 773 milhões – deixando para trás Avatar para se tornar a segunda maior bilheteria de todos os tempos.

 

Seja como for, creio que no mínimo um total acima dos US$ 600 milhões já é algo garantido e, de toda forma, é possível dizer que estamos diante de uma das maiores bilheterias da história. Fora dos Estados Unidos, Guerra Infinita teve um desempenho igualmente espetacular. Tendo aberto em 72% dos mercados marcados para receber o filme, o longa explodiu tanto em regiões historicamente receptivas aos filmes do MCU (como a América Latina, por exemplo) quanto em locais cujo desempenho histórico não costumava ser assim tão grande. Além disso, analistas estimam que a abertura do longa foi 47% maior que a de Era de Ultron no mesmo conjunto de mercados – e vale lembrar que o segundo Vingadores é atualmente a maior bilheteria internacional para um filme de super-heróis.

 

Afora os EUA, o Reino Unido trouxe a maior abertura internacional do longa, com pouco mais de US$ 40 milhões. Trata-se do terceiro maior fim de semana de estreia e o maior sábado de todos os tempos naquele país. Já em países como Coréia do Sul (US$ 39,2 milhões), México (US$ 25,1 milhões), Tailândia (US$ 10 milhões), Indonésia (US$ 9,6 milhões) e, claro, o  Brasil (US$ 18,8 milhões), o filme bateu recordes de maior fim de semana de abertura da históriaNa Índia, Guerra Infinita não apenas foi a maior abertura de todos os tempos para um filme hollywoodiano, com US$ 18,6 milhões, como também já superou as bilheterias finais dos dois Vingadores anteriores e de Guerra Civil por lá. Já na Austrália, Guerra Infinita conquistou a segunda maior abertura da história, faturando US$ 23 milhões no país da Oceania.

 

No Japão, o longa conquistou a segunda maior abertura para um filme do MCU, atrás de Era de Ultron. Finalmente, Guerra Infinita obteve a maior abertura da história para um filme de heróis em países como França, Alemanha e Espanha, e a segunda maior na Itália. O MCU é uma verdadeira mania mundial, tendo arrecadado mais de US$ 15 bilhões em bilheteria ao redor do planeta. Será que até Vingadores 4 eles conseguem chegar aos  US$ 20 bilhões?

 

Bilheteria EUA de 27/04/18 a 29/04/18:

 

Filme Semanas em cartaz Renda no fim de semana (em US$) Renda acumulada (em US$)
1- Vingadores: Guerra Infinita 1 257.698.183 257.698.183
2- Um Lugar Silencioso 4 11.004.977 148.528.278
3- Sexy Por Acidente 2 8.176.757 29.620.831
4- Rampage: Destruição Total 3 7.205.315 78.030.872
5- Pantera Negra 11 4.736.428 688.364.917
6- Super Troopers 2 2 3.729.287 22.214.216
7- Verdade ou Desafio 3 3.268.145 35.374.140
8- Não Vai Dar 4 2.975.260 53.246.750
9- Jogador Nº 1 5 2.563.325 130.811.543
10- Traffik 2 1.654.694 6.786.968

 

Veja a nossa galeria do filme:

[URIS id=5942]

Leia TUDO SOBRE Vingadores: Guerra Infinita!

Agora que o artigo acabou, veja um vídeo do nosso canal!

Comenta aí, Marvete!

legadodamarveldisqus