Vingadores: Guerra Infinita tem abertura HISTÓRICA no Brasil!

Curte lá!
Dá um follow aê!
Segue lá!
Se inscreve aê!

 

Estados Unidos. Coréia do Sul. México. Tailândia. Indonésia. E agora também o Brasil. Estes foram alguns dos países onde Vingadores: Guerra Infinita quebrou o recorde de maior fim de semana de abertura da história. A ansiedade dos fãs da Marvel estava a nível mundial, e eles não decepcionaram, levando a uma estreia histórica em todo o planeta.

 

    LEIA TAMBÉM!

 

No Brasil, então, tal recorde foi destruído de maneira particularmente avassaladora. Veja, antes da estreia de Guerra Infinita, o recorde de maior fim de semana pertencia a Capitão América: Guerra Civil, que faturou cerca de R$ 44 milhões e vendeu 2,65 milhões de ingressos há exatamente dois anos atrás*. Parece muita coisa, não é? Bem, basta dizer que Vingadores 3 simplesmente devastou a abertura do filme anterior dos Irmãos Russo para o MCU: Guerra Infinita abriu com um faturamento de R$ 65,9 milhões e 3,7 milhões de ingressos vendidos.

 

Sim, o novo Vingadores rendeu R$ 21 milhões e vendeu cerca de 1,1 milhão de ingressos a mais do que o recordista anterior. É uma vantagem muito grande, e que apenas demonstra o quanto os fãs brasileiros, alguns dos mais apaixonados do planeta pelos Vingadores e por super-heróis em geral, estavam ansiosos em conferir o embate de seus personagens favoritos contra o vilão Thanos. Um verdadeiro evento cultural entre os cinéfilos brasileiros!

 

 

Vamos detalhar um pouco a grandiosidade da abertura de Vingadores, como ela se compara com o MCU e com outros filmes em geral, e onde o filme pode parar a partir dessa estreia épica? Bem, para começar, o filme precisou de apenas quatro dias (entre quinta e domingo) para se tornar o 9º maior filme do MCU em faturamento, ultrapassando em uma só tacada Thor: O Mundo Sombrio (R$ 63,6 milhões em 2013) e Capitão América: O Soldado Invernal (R$ 63 milhões em 2014)Aliás, mais do que isso: em apenas quatro dias, Guerra Infinita entrou para o ranking das 50 maiores bilheterias da história do Brasil. Bastou apenas um fim de semana para que Vingadores chegasse à 49ª posição, superando todo o faturamento de filmes como X-Men: Dias de Um Futuro Esquecido (R$ 64,4 milhões em 2014) e Rio 2 (R$ 64 milhões em 2014).

 

Atualmente, os dois maiores faturamentos da história do Brasil pertencem ao MCU, com Guerra Civil (R$ 143,3 milhões em 2016) e Vingadores: Era de Ultron (R$ 146 milhões em 2015) ocupando as duas primeiras posições. No entanto, baseado nesta estreia esmagadora, logo Guerra Infinita estará alcançando esses dois colegas de Universo Marvel. Não duvido que o terceiro Vingadores se torne o primeiro filme da história do país a atingir um faturamento de mais de R$ 150 milhões. Já em termos de ingressos vendidos, a estreia de Vingadores foi igualmente impressionante. Ora, nenhum filme antes havia vendido mais do que 3 milhões de ingressos em seu primeiro fim de semana no país, marca esta que Guerra Infinita explodiu sem maiores dificuldades.

 

 

Em seus primeiros quatro dias, Guerra Infinita levou mais pessoas ao cinema do que diversos filmes do MCU durante todo o seu período em cartaz, incluindo Homem de Ferro 2 (3,2 milhões de ingressos em 2010), Homem-Formiga (2,94 milhões de ingressos em 2015) e o primeiro Guardiões da Galáxia (2,87 milhões de ingressos em 2014), bem como metade dos filmes da franquia X-Men. Aliás, Guerra Infinita já é o 31º filme de heróis mais visto da história no Brasil, superando X-Men 2 (3,56 milhões de ingressos), e logo deverá galgar mais posições no ranking com a mesma facilidade com que Thanos… Ah, não viu o filme ainda? Não se preocupe, não vou estragar sua surpresa. 😉

 

Enfim, foi uma estreia verdadeiramente grandiosa para Guerra Infinita no Brasil. Porém, quão alto o longa poderá chegar a partir de agora? Bem, se formos nos basear no amor que o público brasileiro sente por filmes com a palavra “Vingadores” no título, eu diria que estamos diante de uma performance histórica em nossas bilheterias.

 

 

O primeiro Vingadores estreou em abril de 2012 em nosso país vendendo 1,63 milhão de ingressos. Na época, foi o terceiro maior fim de semana de abertura do país, atrás apenas de Homem-Aranha 3 (1,7 milhão em 2007) e A Saga Crepúsculo: Amanhecer – Parte 1 (1,76 milhão em 2011). No entanto, o ótimo boca a boca e pessoas que voltavam repetidamente aos cinemas para conferir o filme novamente o conduziram a um desempenho histórico no país, de modo que Vingadores é atualmente o filme estrangeiro do século XXI que mais levou pessoas aos cinemas brasileiros, tendo saído de cartaz com 10,9 milhões de ingressos vendidos em 2012. Além disso, o longa de Joss Whedon ocupou por cerca de três anos o posto de maior faturamento da história do país, com R$ 130 milhões.

 

Três anos depois, Era de Ultron fez o que o primeiro não conseguiu e quebrou o recorde de maior fim de semana de abertura da história, tendo atraído 2,4 milhões de pessoas às salas escuras. No fim das contas, o segundo longa de Joss Whedon acabou por superar o primeiro em faturamento, mas não em público, tendo vendido 10,1 milhões de ingressos durante todo o seu período em cartaz – o filme mais visto de 2015. Seja como for, as duas aventuras anteriores dos Heróis Mais Poderosos da Terra podem dizer que estão entre os únicos filmes estrangeiros do século a levar mais de 10 milhões de pessoas aos cinemas, juntamente com A Saga Crepúsculo: Amanhecer – Parte 2 (10,3 milhões no final de 2012).

 

 

Tudo indica que Guerra Infinita tem tudo para superar o público dos dois longas anteriores. Aliás, com um pouco de sorte, é possível ultrapassar Os Dez Mandamentos: O Filme (11,3 milhões) para se tornar o filme do século que mais levou pessoas aos cinemas – dependendo de como Nada a Perder se sair, claro. A cinebiografia do bispo Edir Macedo continua apresentando números impressionantes, embora muito provavelmente obtidos à base de muita manipulação das bilheterias e ingressos comprados para sessões que nem sempre são comparecidas.

 

Claro, por outro lado, pode ser que a ansiedade dos fãs brasileiros em conferir Guerra Infinita era tamanha que boa parte da demanda do filme acabou atendida no fim de semana de estreia, o que levaria a quedas bruscas posteriores. E Deadpool 2, cuja estreia se aproxima a cada dia, certamente fará números no mínimo respeitáveis no Brasil, tanto em faturamento quanto em público. Mas saberemos mais a partir do próximo final de semana.

 

 

De toda forma, por enquanto, Vingadores: Guerra Infinita pode celebrar sua histórica abertura no Brasil. Afinal, mesmo com toda a popularidade dos super-heróis entre os cinéfilos de nosso país, não vejo nenhum filme quebrando esse recorde no futuro próximo, com a exceção de um: o desde já muitíssimo antecipado Vingadores 4.

 

ATUALIZADO:

Uma postagem da ComScore no Twitter revelou que, até o dia 01/05, Guerra Infinita já havia faturado mais de R$ 100 milhões e vendido cerca de 5,8 milhões de ingressos. Trata-se de números absurdos para um espaço tão curto de tempo, e que colocam o longa em posições ainda maiores nos rankings acima.

 

Bilheteria Brasil de 26/04/18 a 29/04/18:

 

Filme Semanas em cartaz Renda na semana (em R$) Público na semana Renda acumulada (em R$) Público acumulado
1- Vingadores: Guerra Infinita 1 65.966.494 3.706.277 65.966.494 3.706.277
2- Nada a Perder: Contra Tudo. Por Todos. 5 7.824.528 814.702 108.450.922 10.574.469
3- Rampage: Destruição Total 3 1.590.625 98.729 17.874.466 1.106.164
4- Um Lugar Silencioso 4 1.402.856 79.891 20.334.350 1.327.776
5- Exorcismos e Demônios 2 671.880 42.357 3.357.032 229.933
6- Pedro Coelho 6 266.129 17.842 12.033.923 862.283
7- 7 Dias em Entebbe 2 343.941 15.122 1.506.276 71.586
8- Pantera Negra 11 257.955 14.582 120.224.349 7.376.929
9- Jogador Nº 1 5 272.670 14.025 19.538.419 1.127.180
10- Tudo Que Quero 1 167.954 7.152 167.954 7.152

 

*Alguns sites de entretenimento erroneamente vem considerando que o maior fim de semana de abertura no país antes de Guerra Infinita era Liga da Justiça. No entanto, esta afirmação é errada, pois Liga fez várias pré-estreias um dia antes de sua estreia para aproveitar o feriado, o que deu ao filme de Zack Snyder um dia a mais de vantagem sobre Guerra Civil. Em suma, Liga não era o campeão de maior fim de semana anterior, e qualquer manchete de sites de entretenimento sensacionalistas que tragam algo como “Vingadores supera recorde de Liga da Justiça no Brasil” está apenas querendo atrair fanboys histéricos para brigar nos comentários e lançar lenha na fogueira das guerrinhas bobas de marvetes e DCnautas.

 

Veja a nossa galeria do filme:

[URIS id=5942]

Leia TUDO SOBRE Vingadores: Guerra Infinita!

Agora que o artigo acabou, veja um vídeo do nosso canal!

Comenta aí, Marvete!

legadodamarveldisqus