PUBLICIDADE

Os motivos que fazem os fãs do Doutor Estranho serem os mais felizes do mundo

Relembrando os últimos anos do Doutor Estranho nos quadrinhos, séries e cinema e mostrando como os fãs estão bem servidos

PUBLICIDADE

Doutor Estranho vem sendo um dos personagens mais ativos em todas as mídias da Marvel no atual momento. Obviamente muito disso se deve ao novo filme solo do herói que estreou no início desse mês, mas as coisas boas se expandem ainda mais quando olhamos por um panorama maior.

 

PUBLICIDADE

       LEIA TAMBÉM!

 

Para sermos realistas, desde 2016, quando o personagem fez sua estreia nos cinemas, ele vem ganhando grande destaque. Voltou a ter sua série solo nos quadrinhos, após décadas, pouco depois do anúncio do seu primeiro filme, e apareceu no MCU em todos os anos desde sua estreia.

Em 2016, em seu filme solo, 2017 em Thor: Ragnarok, em 2018 em Vingadores: Guerra Infinita, em 2019 em Vingadores: Ultimato, em 2020 não tivemos nenhuma produção da Marvel, em 2021 em Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa e em 2022 em Doutor Estranho no Multiverso da Loucura.

PUBLICIDADE

Seu filme solo começou com o pé direito, apresentando o personagem de maneira excepcional, com muita fidelidade à essência nos quadrinhos. Uma história de origem das mais bem feitas possíveis.

PUBLICIDADE

Posteriormente, uma ótima rápida participação em Thor: Ragnarok, onde o personagem mostra um acréscimo de poder e conhecimento, onde também ele demonstra ter mais controle de suas habilidades, além de que é mais uma produção que expressa sua essência.

Vingadores: Guerra Infinita reforça as habilidades e poderes do herói em seu auge em sequências de ação de tirar o fôlego, no entanto, é um pouco fora da curva das demais produções na personalidade e essência do personagem em algumas cenas. Em Ultimato, ele é de suma importância, embora não apareça muito.

PUBLICIDADE

Em What If…? o personagem recebeu uma variante “maligna”, mas que, ainda assim, compartilhava muito da essência do personagem, com seus medos, necessidade de ter controle das coisas, traumas, com o Doutor Estranho Supremo demonstrando ser o personagem mais poderoso de toda a Marvel Studios.

PUBLICIDADE
rtc-config='{ "urls": ["https://udr.uol.com.br?tag=publicidade&fmt=amprtc","https://page-context.uol.com.br/api/get-amp-page-context?url={{escapeURL}}"], "vendors": {"prebidappnexuspsp": {"PLACEMENT_ID": "24660215"}}, "timeoutMillis": 1000}' class="i-amphtml-layout-fixed i-amphtml-layout-size-defined" style="width:320px;height:50px" i-amphtml-layout="fixed">

Seu retorno em Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa é uma das melhores adaptações da personalidade do personagem, embora deixe a desejar no quesito demonstração de poder.

E em seu mais recente filme solo, a continuação do de 2016, embora, infelizmente e injustamente, ele não seja uma peça central da trama, sua personalidade está perfeita, existem muitas referências aos quadrinhos do personagem ao longo do filme e algumas dessas são muito especiais para os fãs.

Nos quadrinhos, o retorno da sua revista solo no final de 2015, como já mencionado, trouxe uma cara nova ao personagem, embarcando mais profundamente em questões pessoais, internas e psicológicas muito importantes em sua essência e personalidade, além de incríveis e já muito importante histórias solo, em geral.

Alguns tropeços no meio do caminho das solos do personagem aconteceram no meio do caminho, principalmente durante a revista de 2018 escrita por Mark Waid, onde muitos aspectos não agradam os fãs mais árduos do Doutor Estranho.

Seguindo nos quadrinhos, a Strange Academy foi criada, uma escola de magia aberta pelo Doutor Estranho, onde a mitologia do personagem e do núcleo mágico da Marvel, em geral, foi expandida de forma muito agradável, embora também há tropeços recentes, mas o saldo é bastante positivo.

Mais recentemente houve A Morte do Doutor Estranho e, embora o nome possa assustar e ter tudo para ser uma história, de alguma forma, ofensiva para o personagem, definitivamente, não foi isso que aconteceu.

A morte do Doutor Estranho foi uma história perfeita e que traduziu e reforçou muitos conceitos essenciais para o personagem, sendo uma verdadeira carta de amor para os fãs, por mais que tenha ocasionado na morte dele, como o nome diz. Tudo nela é muito amado pelos fãs e não é atoa.

Atualmente o Doutor Estranho segue morto nos quadrinhos, mas não é suficiente para deixar os fãs do herói desapontados e/ou sem conteúdo. Além de revistas atemporais ou antológicas com ele de protagonista sendo lançadas, uma das personagens mais amadas do núcleo do mago está ganhando seu merecido destaque.

Clea, a esposa e verdadeiro amor de Stephen Strange (aquela que aparece na primeira cena pós créditos do novo filme) se tornou Maga Suprema da Terra no lugar de seu marido e está mandando muito bem. Com intensas amostras de poder por todas as páginas, a amada personagem finalmente estrela sua própria revista solo, para a imensa alegria dos fãs do mago.

E muito mais está por vir em todas as mídias. É apenas o começo. Mas tudo isso que o personagem vive nos cinemas e nos quadrinhos é o suficiente para os fãs do Doutor Estranho dormirem de coração quente sabendo que seu personagem vem sendo muito bem honrado por onde passe.

Fique ligado aqui no Legado da Marvel para não perder nenhuma novidade!

Escute o Podcast do Legado:

MAIS SOBRE O FILME:

Doutor Estranho 2 faz parte da chamada ‘Trilogia do Multiverso’ do MCU, iniciada em WandaVision e continuada em Homem-Aranha 3! Com a saída do diretor Scott DerricksonSam Raimi (da trilogia do Homem-Aranha de Tobey Maguire) foi confirmado como o substituto na direção! O roteiro ficou por conta de Michael Waldron, que brilhou na série do Loki!

Confira a sinopse do filme: “Viaje para o desconhecido com o Doutor Estranho. Que com a ajuda de velhos e novos aliados místicos, atravessam as perigosas realidades alternativas do Multiverso para confrontar um misterioso novo adversário.”

Além do retorno de Raimi ao universo Marvel, o elenco conta com Benedict Cumberbatch (Doutor Estranho), Elizabeth Olsen (Wanda), Benedict Wong (Wong), Chiwetel Ejiofor (Mordo), Rachel McAdams (Christine Palmer)  e Xochitl Gomez (America Chavez). E uma bomba: Patrick Stewart está confirmado e voltará como o Professor Xavier! O filme já está em exibição nos cinemas brasileiros, com sessões em 2D e 3D. Corre lá pra assistir! Confira a nossa crítica completa CLICANDO AQUI!

Leia TUDO SOBRE Doutor Estranho no Multiverso da Loucura!

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Sair da versão mobile